Caminho a Seguir

O caminho para ser uma Irmã Franciscana Missionária de Maria Auxiliadora é inspirado na vida de uma mulher franciscana chamada Santa Maria Bernarda Bütler.

Com o coração profundamente livre, ela pôs-se num caminho missionário de seguimento a Jesus Cristo, tendo o Evangelho como sua forma de vida. É esta mesma paixão que move e dá sentido àquilo que as Irmãs Franciscanas Missionárias de Maria Auxiliadora são e fazem.

Seguindo essa inspiração, a formação franciscana é o instrumento capaz de levar cada pessoa a centrar-se naquilo que para São Francisco de Assis e Santa Maria Bernarda deve ser tudo: o Bem, Todo o Bem, o Sumo Bem. Por isso, a formação franciscana, não se refere a um período determinado de aprendizado de conteúdos necessários à realização de uma tarefa. Trata-se de um processo que envolve toda a vida.

A Província Santa Clara, com sede em Chapecó/SC, para responder da melhor forma possível ao processo formativo franciscano, dispõe de uma equipe de formação provincial que acompanha as etapas formativas, dirigidas então por suas respectivas Irmãs responsáveis em suas fraternidades formadoras. 

Qual a minha motivação?

A vocação é um Dom de Deus! A iniciativa do Chamado é Ele quem faz. A resposta é humana! O tempo da resposta é com descobertas, entusiasmos, ansiedades, dúvidas, questionamentos como: o que farei de minha vida? Para que Deus está me chamando? Qual o sentido de minha vida? A que vou querer dedicar meus dons? Que sonhos carrego comigo? Que direi, que farei, para onde irei?

O SAV (Serviço de Animação Vocacional) tem a missão de proporcionar reflexões, encontros, visitas às famílias, retiros, experiências missionárias para as juventudes com a finalidade de despertar, discernir, acompanhar e cultivar sua vocação.

Nós, Irmãs Franciscanas Missionárias de Maria Auxiliadora atuamos em comunhão com o SAV - Serviço de Animação Vocacional das dioceses e paróquias onde residimos, pois acreditamos que a proposta do Reino de Deus acontece a partir de uma Igreja vocacionada em comunhão e ministerial.

Você que deseja discernir seu projeto
de vida vocacional, escreva-nos:
secretaria@franciscanasmissionarias.org.br

Para você jovem que deseja optar por um processo formativo em nossa Congregação, oferecemos etapas específicas para o discernimento vocacional, após um processo de acompanhamento vocacional personalizado:

É um período de discernimento, de descobertas, de busca pessoal para acertar na resposta ao chamado de Deus. É um período para continuar perguntando-se: quem eu sou? O que quero ser no futuro? Qual minha vocação? O que Deus espera de mim?

É o tempo de conhecer o jeito de viver das Irmãs Franciscanas Missionárias de Maria Auxiliadora, a missão que realizam, o que fazem, como fazem, como vivem, é a experiência de convivência no cotidiano.

É um período para um discernimento mais profundo das motivações vocacionais. É o tempo de experiências de fraternidade e de vivências missionárias concretas, de conhecimento do Carisma da Congregação, no qual a jovem vai conhecendo suas aptidões para este estilo de vida. É um tempo de desafios e descobertas em nível pessoal. E começam a aparecer algumas respostas às perguntas anteriormente feitas: quem sou eu? O que Deus quer de mim?

Firma-se aí uma identidade pessoal que brota do conhecimento da própria história de vida, das suas raízes antropológicas e culturais; e, nesse processo de descobertas, firma-se também a identidade cristã. Qual é a minha missão no mundo, na Igreja, na comunidade?

Esta é a etapa do enamoramento e da consolidação do amor por Jesus Cristo e seu Reino. Nesse período a jovem noviça aprofunda a nova forma de vida e realiza uma forte experiência do amor de Deus em sua vida e também uma forte experiência de convivência fraterna. Clarifica e confirma a autenticidade de sua vocação. Estuda e aprofunda o Espírito e a Missão da Congregação e capacita-se para a vida consagrada missionária através do conhecimento e da vivência dos Votos Religiosos de Pobreza, Obediência e Castidade.

Nesta etapa de cultivo espiritual, a jovem noviça assume com alegria seu projeto de vida no seguimento radical de Jesus Cristo. É o tempo de dizer: “Seduziste-me Senhor, e eu me deixei seduzir” (Jr.20,7).

É o período em que a jovem Irmã de Profissão Temporária, portanto já consagrada a Deus, continua seu processo de crescimento integral, consolida sua formação humano-espiritual iniciada nas etapas anteriores e se prepara para a consagração definitiva a Deus.

Neste período, a jovem Irmã integra a experiência de Deus que fez em sua vida, integra a vida fraterna e seu compromisso missionário. O juniorato é também um tempo de descobertas e novos desafios ligados ao mundo do trabalho, aos estudos e à missão de anunciar o Evangelho nas mais diversas realidades da vida do povo.

A Irmã Juniorista é chamada a viver alegremente o Carisma da Congregação e dizer a cada dia e sempre de novo: “Aqui estou, Senhor. Envia-me” (Is. 6,8).

Voltar